Risco

/

Arquitectura e
Desenho Urbano

Escola Ferreira Dias

A Escola Ferreira Dias localizada no Cacém, cidade na periferia de Lisboa, foi construída no final dos anos 50 segundo um projecto tipo, para o ensino “industrial e comercial”, idealizado e promovido pelo “Estado Novo” entre as décadas de 50 e 60.
O Estado português implementou em 2007 um ambicioso programa de remodelação do parque escolar a nível nacional, no qual o presente projecto se insere.
O novo programa da Escola Ferreira Dias prevê um expressivo aumento de área, de modo a dar resposta à crescente procura que se tem verificado nos últimos anos. Se excluirmos as áreas externas cobertas, a intervenção quase duplica a sua área bruta, passando dos actuais 10.000m2 para 18.000m2.
Numa primeira aproximação, rapidamente se percebeu, que este aumento de construção só seria possível de efectuar à custa da franca diminuição do espaço exterior, que é, a par das condições de conforto e de trabalho das salas de aula, a valência mais importante de qualquer estabelecimento de ensino, seja ele: primário, secundário ou universitário.
Face a esta constatação, foi estabelecido como objectivo prioritário, compactar as novas construções para que ocupassem o menor espaço possível e permitissem organizar/desenhar os espaços exteriores, não como sobrantes entre os edifícios mas com carácter e vocação próprios. Espaços desenhados com o mesmo cuidado com que se desenha um laboratório, uma sala de ensino geral ou a biblioteca. Espaços desenhados em continuidade com o interior dos edifícios, que no seu conjunto, permitam “respirar” e consumir energia a 1700 alunos. Noventa e sete salas de aula e setenta turmas, mais do dobro do que é comum encontrar numa escola do mesmo tipo.

Local
Agualva - Cacém
Cliente
Parque Escolar
Data
2009 – ...

Arquitectura
Jorge Estriga, Luís Torgal e Moisés Rosa
Área de Construção
18.059 m2
Custo
17.509.934 €